Cidadania

Prefeitura de Santa Inês realizará Conferência Municipal +2 de Segurança Alimentar e Nutricional Publicada em 19/09/2017 14:20:48

A Prefeitura de Santa Inês, por meio da Secretaria Municipal Agricultura, Pecuária, Piscicultura e Abastecimento e o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Santa Inês, realizará na próxima quinta-feira-feira, 21, a Conferência +2 Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

A Conferência acontecerá no Centro de Convivência Tia Militana, localizada no Parque Santa Cruz a partir das 8h com credenciamento e se estenderá durante todo o dia. Com o tema: “O SISAN como estratégia para a implementação dos Programas de SAN, na promoção da Comida de Verdade no Campo e na cidade” com o objetivo avaliar a política de segurança alimentar em Santa Inês, analisando os processos realizados e apontando diretrizes futuras, dentre outras discussões.

Para o secretário municipal de Agricultura, Pecuária, Piscicultura e Abastecimento, Raimundo do Nascimento, é necessário a presença da população para debater propostas da construção de políticas para o Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. “É uma oportunidade para a população poder definir junto à secretaria municipal e conselho, estratégias e diretrizes garantindo o direito humano à alimentação adequada e saudável, por meio da efetivação de novas políticas públicas”, garante o secretário.

Na programação da conferência, terá a palestrante Concita Pindoba, além da discussão de três eixos temáticos: (1) Comida de verdade: avanços e obstáculos para a conquista da alimentação adequada e saudável. (2) Estratégias para criação de políticas públicas.

 

Sobre a adesão ao SISAN

O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN, é um sistema que tem por objetivo a organização das ações na área da Segurança Alimentar e Nutricional e articulação entre o poder público e a sociedade civil para a gestão de políticas públicas voltadas à alimentação e, também, lança princípios e diretrizes para o trabalho integrado entre entes federados, sociedade civil e instituições privadas (com ou sem fins lucrativos). O SISAN atribui ao município a necessidade de adotar ações que permitam respeitar, proteger e promover o direito humano à alimentação adequada.

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!