Saúde

Secretaria de Saúde realiza roda de conversa para elaborar diretrizes de Atenção Integral à Saúde das Mulheres Publicada em 02/06/2017 10:43:09

A Prefeitura de Santa Inês, através da Secretaria de Saude, realizou na tarde de quinta-feira, 1°, no salão da Comunidade Nossa Senhora do Rosário, localizada na Rua 7 de Setembro, uma Roda de conversa para debater, analisar as prioridades, orientador e elaborar propostas para o fortalecimento dos programas e ações de implementação da Política Nacional de Atenção Integral da Saúde das Mulheres.

A roda de conversa iniciou com a explanação da secretaria de saúde sobre os serviços oferecidos, especializações e o que ainda serão implantados para as mulheres do município.  “Apresentamos um levantamento de toda nossa rede de saúde, mostrando desde o atendimento simples ao especializado e onde ser encontrado a assistência, iniciando na unidade básica de saúde de seu bairro e, se necessário, atenção especializada e de auto complexidade que se estende até São Luís, conforme a necessidade desta mulher.” Explicou a secretária de saúde, Micherlândia dos Santos.

Com o tema: “Saúde das Mulheres: Desafios para a Integralidade com Equidade”, participaram da roda de conversa, a prefeita municipal, Vianey Bringel; a secretária de saúde, Micherlândia dos Santos; a Coordenadora de Saúde da Mulher, Josenilma Rocha; a coordenadora de imunização, Andreia Fontinelli; Coordenadora do Nucleo de Apoio a Saúde da família - NAF, Larissa Catarino,  coordenadora da saúde bucal, Jardenia Cavalcante; além de enfermeiras, nutricionista, assistente social, odontóloga e população em geral para debater, desenvolver e fortalecer discussões em quatro eixos temáticos: Implementação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres, o papel do Estado no desenvolvimento socioeconômico e ambiental e seus reflexos na vida e na saúde das mulheres, o mundo do trabalho e suas consequências na vida e na saúde das mulheres, vulnerabilidade e equidade na vida e na saúde das mulheres e políticas públicos para as mulheres e a participação social.

“Ouvimos as propostas, dividimos grupos para elaboração de idéias para melhorar o sistema de saúde do município, nada melhor do que vim delas, a mulher deficiente, idosa, homossexual, profissionais do sexo, e todas as outras que possuem alguns obstáculos para chegar ao atendimento ou medo por meio de julgamento e preconceitos. Então aqui, nesta roda de conversa, é um ponto de partida para melhorar esta integração” disse a secretária Micherlândia.

Preocupada com a saúde do município, a prefeita conta hoje, com uma equipe forte de mulheres para cuidar da saúde da mulher e alavancar o atendimento, desempenho e a produtividade para uma gestão voltada para um amplo programa de desenvolvimento da nossa cidade.

As propostas definidas serão levadas à Conferência Regional que acontecerá no dia 06 de junho em Bacabal, onde estarão os polos de Santa Inês, Bacabal e Pedreira, para preparação da Conferência Estadual de Saúde das Mulheres em São Luís que acontecerá em julho.

A 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres está prevista para acontecer nos dias 01 a 04 de agosto. A primeira Conferência Nacional de Saúde e Direitos da Mulher aconteceu em 1986, e após 30 anos retoma as discussões e reúne as mulheres para pensar a política nacional de saúde. A expectativa do CNS é que esta Conferência seja a efetivação do Controle Social no SUS para a saúde das mulheres.

 

Mais em Saúde


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!